Melatonina gotas sabor Maracujá - Frasco 20 ml - Pura Vida

R$59,97
Entregas para o CEP:

Meios de envio

DORMIR FAZ BEM - E MUITO!

O sono é um mecanismo necessário e completo de regeneração e equilíbrio. Todos os sistemas do organismo se beneficiam da sofisticada química que ocorre enquanto estamos em repouso profundo. Relaxar - e sonhar - é preciso!

O SONO É O PRINCIPAL RECURSO DO ORGANISMO
PARA MANTER-SE JOVEM E SAUDÁVEL

Durante o repouso, o cérebro troca fluídos, eliminando resíduos e toxinas produzidos ao longo do dia. Os neurocientistas apontam que alguns tipos de sonho são apenas parte deste mecanismo de descarga do cérebro em funcionamento.

A ciência também nos informa que é enquanto dormimos que os aprendizados são consolidados, que os entendimentos são aprofundados, que a criatividades e reabastece. A capacidade de se lembrar de eventos, detalhes ou nomes.

A proficiência que permite fluir bem na escolha das palavras que usamos para nos expressar.

A leveza e o senso de humor que duram ao longo do dia são resultados naturais de uma ótima noite de sono. E isso é literalmente: as neurociências demonstram que, enquanto dormimos, o cérebro revive situações traumáticas recentes sem a presença da adrenalina e outros neurotransmissores que geram engajamento, permitindo a desvinculação de memórias e sentimentos que repara o estado de equilíbrio emocional.

NÃO É SÓ O TEMPO QUE CURA:
É O SONO PROFUNDO

A nutrição correta e completa fornece a matéria-prima para o organismo se reconstruir, fortalecer e preservar. Compreender isso é primordial.

Entretanto, existem diversos fundamentos importantes do processo de manutenção da saúde que só podem acontecer durante o repouso profundo - processos de reparação e síntese de novas moléculas, células, neurotransmissores, hormônios…

Tudo isso atua no cérebro, nas glândulas hormonais, no metabolismo, na musculatura ou nos tecidos e órgãos…

Dormir é algo que parece simples, mas é o período no qual o metabolismo orquestra trilhões de microrreações e transformações químicas para garantir a expressão máxima da saúde.

MELATONINA, O HORMÔNIO LUNAR

Se a vitamina D é um hormônio solar, que o organismo produz quando exposto à luz do sol, a melatonina poderia ser considerada um hormônio lunar, que é produzido e secretado pela glândula pineal quando em contato com o escuro da noite.

Esse é o primeiro ponto de atenção: a qualidade do sono da população piorou muito conforme a luz das velas ou lâmpadas suaves do início da Industrialização foram substituídas por intensas lâmpadas brancas e telas que piscam de forma vibrante.

A luz artificial é considerada hoje como um dos principais disruptores do sono de qualidade – pelo simples motivo de bloquear a produção da melatonina.

Afinal, é função do organismo despertar logo ao receber os primeiros raios do sol em seus sensores próximos ao globo ocular - efeito que a ciência demonstra que também é reproduzido com luzes intensas do smartphone, TV ou geladeira. Faz sentido, portanto, estar atento a esse fato e procurar reduzir a exposição à luz pelo menos uma hora antes de dormir.

Diversos estudos científicos demonstram os benefícios da suplementação com melatonina, inclusive a estimulação da produção natural do hormônio.

Quando o organismo está desequilibrado, suplementar com pequenas doses de melatonina idêntica à produzida dentro do corpo pode ser o caminho que facilita o estabelecimento do sono e seus benefícios - sem a necessidade de sedativos ou remédios fortes e seus efeitos colaterais.

Uma boa quantidade de melatonina não só conduz à sonolência, mas ajuda o corpo a atingir os estados mais profundos de sono. Além disso, a melatonina é essencial também por suas funções de proteção, sendo um dos mais poderosos antioxidantes endógenos (produzido pelo corpo).

Isso significa que, diariamente, enquanto dormimos, a melatonina patrulha nosso organismo, com batendo radicais livres e evitando mutações e degenerações celulares, efetivamente prevenindo doenças e atuando como um agente pró-longevidade.

Compartilhar: